Notícias

 

Crea-CE homenageia mulheres com criação de comitê




O Comitê Gestor do Programa Mulher do Crea-CE foi criado oficialmente pelos conselheiros durante a Reunião Ordinária do Plenário realizada no último dia 11 de março. Uma experiência já exitosa do Sistema Confea/Crea e Mútua em âmbito nacional, que está em vigor desde agosto de 2019, quando a iniciativa foi posta em prática pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia que assumiu o papel de coordenador do programa que tem como objetivo articular junto às Entidades de Classe, sindicatos, associações e, claro, os Creas Regionais, ações que promovam o estímulo à equidade de gênero entre os profissionais da área tecnológica.

 

O Crea-CE homenageou as mulheres engenheiras, agrônomas e das demais profissões abrangidas pelas geociências com uma iniciativa prática para combater a desigualdade de gênero evidenciada pelo próprio mercado de trabalho não apenas no Ceará, mas no Brasil como um todo. Com a criação do Comitê Gestor do Programa Mulher, o Crea-CE se engajou definitivamente no que dispõe o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da agenda 2030 da Organização das Nações Unidas cuja meta é fomentar a elaboração de políticas públicas atrativas para as mulheres engenheiras, agrônomas e da área das geociências.



Lançamento no Ceará

O Comitê Gestor do Programa Mulher do Crea-CE foi lançado em solenidade realizada em modo virtual com a presença do Presidente do Crea-CE, Eng. Civil Emanuel Mota; Presidente do Confea, Eng. Civil Joel Krüger; Eng. Eletricista Fabyola Resende, Secretária Executiva do Programa pelo Confea; Engenheira Agrônoma Maria Helena Araújo que vai representar o Comitê Gestor do Programa Mulher Crea-CE no Plenário do Conselho Regional; e do Eng. de Pesca Antônio Diogo Lustosa que é considerado um padrinho do Comitê Gestor. Ele ocupava a presidência interina do Crea-CE, durante o período de eleições no Conselho, quando surgiu a ideia da criação do Comitê Gestor e empreendeu esforços para viabilizar a proposta no Ceará.


Além de Emanuel Mota, que preside o Comitê Gestor, e da Engenheira Agrônoma Maria Helena Araújo, compõem o órgão consultivo a Engenheira de Pesca Mayara Maria de Lima Barreto, representando as Entidades de Classe; Engenheira Agrônoma Niedja Goyanna Gomes Gonçalves; Engenheiro Civil Pedro Idelano de Alencar Felício, representando a Mútua Regional; Engenheira Sanitarista e Ambiental Antônia Tatiana Pinheiro do Nascimento e a Engenheira Civil Maynara Maryneth Gomes de Mendonça. Essas duas últimas profissionais foram indicadas pelo presidente do Crea-CE, Emanuel Mota.


O presidente do Crea-CE abriu a solenidade de lançamento citando dados do Crea-CE sobre a participação das mulheres registradas no Crea-CE. “Amigo Joel, você sabia que aqui no Crea-CE 12% dos profissionais registrados são mulheres? E que dessas, 45% tê menos de 45 anos de idade. 52% dessas mulheres moram em Fortaleza e 58% delas são engenheiras civis”, revelou Emanuel Mota. E citou que a criação do Comitê Gestor do Programa Mulher do Crea-CE enaltece a luta que as mulheres engenheiras vêm travando no mercado de trabalho já há muito tempo no país. Mulheres que, segundo ele, têm uma participação crescente nas áreas das engenharias e de vários outros segmentos. “O Brasil inteiro tem 52% da sua população composta or mulheres e estas estão casa vez mais ocupando cargos, não pelo simples fatos de serem mulheres, mas pela competência”, completou o presidente do Ceará.



O presidente do Confea, Eng. Civil Joel Krüger, explicou os motivos que levaram o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia a instituir o Comitê Gestor do Programa Mulher. “Nós procuramos estabelecer três objetivos presidente Emanuel. O primeiro objetivo é trabalhar com as mulheres profissionais para que elas ocupem cada vez mais cargos dentro do nosso sistema profissional. O segundo objetivo é discutirmos a participação das nossas profissionais mulheres no mercado de trabalho e o terceiro objetivo é a discussão transversal das mulheres na sociedade, independente de serem profissionais ou não”, disse Joel Krüger.


A Eng. Eletricista Fabyola Resende, Secretária Executiva do Programa pelo Confea, também falou sobre a iniciativa que, segundo ela, já vinha sendo amadurecida há algum tempo dentro do Confea. “O Programa do Comitê Gestor chega para dialogar tanto com os nossos entes que compõem o Sistema, que são os Creas, as entidades de classe e as instituições de ensino, quanto fora das paredes do Sistema Confea/Crea, através da Câmara dos Deputados, através da ONU Mulher e através das relações internacionais. Nos temos buscado esse amplo diálogo com tda a sociedade em geral e temos conseguido construir esse projeto”, diz Fabyola Resende. 


A Secretária Executiva do Comitê Gestor do Programa Mulher do Confea disse também que já testemunhou muitas conversas de mulheres que encontraram dificuldades no momento em que escolheram a engenharia como profissão e de profissionais dentro do próprio ambiente de trabalho. 


No Ceará, a engenheira agrônoma, Maria Helena Araújo, ex-presidente do Sindicato dos Engenheiros no estado, foi escolhida como a representante do Comitê Gestor no Plenário do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, Segundo Maria Helena Araújo, alguns pontos norteiam a criação do Programa como a desigualdade existente entre homens e mulheres dentro do Sistema, seja na engenharia, na agronomia ou nas geociências. Dos cerca de 985 mil registrados em todo o Brasil, apenas 19% são mulheres. “A maioria esmagadora dos cargos, sejam eles públicos ou privados, afetos aos profissionais do Sistema é ocupada por homens. Quanto aos salários, os dados gerais revelam que os salários das mulheres nas engenharias são inferiores aos dos homens em torno de 20% a 30%”, completou a Engenheira Agrônoma que defendeu um estudo mais detalhado para atualizar esses dados.


O Engenheiro de Pesca Antônio Diogo Lustosa está acompanhando a ideia de implantar o Comitê no Ceará desde o ano passado. O primeiro contato com o Programa foi em um evento promovido pelo Confea. “Quando eu vi esse programa em Brasília, em 2020, na reunião das lideranças que o Emanuel me levou, eu fiquei encantado e disse: Pronto! Estamos com a faca e o queijo na mão. Precisamos levar para o Ceará”, revelou Diogo Lustosa. 

O Comitê Gestor do Programa Mulher do Crea-CE já tem um plano de trabalho aprovado e já iniciou suas atividades.


Confira como foi o evento de lançamento: 



Assessoria de Comunicação do Crea-CE


Confira outras notícias do Crea-CE

05/08/2021

Nota de Pesar

10/05/2021

Nota de Pesar

19/01/2021

Anuidade 2021

19/05/2020

LUTO NO MAGISTÉRIO

03/01/2020

Nota de Falecimento

02/01/2020

Aviso Importante

20/09/2019

DIVISORA DE ÁGUAS

17/09/2019

Medalha do Mérito

30/07/2019

Redes Sociais

08/03/2019

Mulheres fortes

01/03/2019

Piso Salarial

09/01/2019

Anuidade 2019

13/11/2018

Nota de Pesar

21/08/2018

Aberta a 75ª SOEA

14/08/2018

Prêmio IBEC

04/07/2018

Nota de Pesar

23/04/2018

PL 9818/2018

19/04/2018

NOTA DE PESAR

27/03/2018

NOTA TÉCNICA

01/03/2018

APP do Crea-CE

22/12/2017

Boas Festas!

14/11/2017

CONVITE

10/11/2017

A BEM DA VERDADE

27/12/2016

COMUNICADO

13/12/2016

Semana Tecnológica